Programação do I Congresso da ASBRAP

  (Cada sessão de comunicação, de duração em torno de uma hora, vai contar com 3 comunicações com 15 minutos cada uma, ficando os 15 minutos finais abertos ao debate com o público ouvinte. As conferências com os convidados terão duração de 30 minutos, com 15 minutos disponíveis para perguntas do público).

As comunicações terão os resumos expandidos publicados na Revista da ASBRAP 15 e o texto completo publicado na Biblioteca Eletrônica, no site.

Para ler os resumos das comunicações, clique aqui.

  8:30 a 9:00 – Recepção e Inscrições para Ouvintes

  9:00 a 9:10 – Abertura

  9:10 a 9:55 – Conferência de abertura

            Diálogos entre a Genealogia e História em Portugal

Nuno Canas Mendes (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas-Lisboa)

9:55 a 10:05 – Intervalo

  10:05 a 11:05 – Comunicações I

Novas Fontes Para a História e Genealogia

El Consejo de Portugal en el Arquivo General de Simancas: Fuente para La Historia del Brasil Colonial

                        María Inés Olaran Múgica (Mestre em Edição)

Os primeiros judeus de São Paulo – cemitério israelita de Vila Mariana como fonte histórica

                        Guilherme Faiguemboim e Paulo Valadares (Mestre em História/USP)

            O arquivo do Colégio Brasileiro de Genealogia (CBG) - Fichários

                        Carlos Eduardo Almeida Barata (CBG)

  11:05 a 12:05 – Comunicações II

Relações Familiares entre a História e Genelogia

Laços de família, costumes e fé: as relações de poder e identidade no Cariri paraibano (Cabaceiras – 1735 a 1785)

Maria Isabel Pimentel de Castro (Universidade Federal de Campina Grande)

Os Oliveira Ledo e o Memorial de Sancta Roza

George Gomes de Araújo (Universidade Federal de Campina Grande)

Apontamentos para uma história comum: a magia e a genealogia em questão

Marcos Antonio Lopes Veiga (Doutorando/USP)

  12:05 a 14:00 – Almoço  

14:00 a 15:00 – Comunicações III

A história e genealogia no século XIX brasileiro

A Casa de Suplicação do Brasil, a modernidade na justiça brasileira

Paulo Paranhos (Mestre em História)

Ascendência Varonil do Barão de Maragogipe, herói da independência da Bahia

Caio César Tourinho Marques (Associação da Nobreza Histórica do Brasil)

As origens da cidade de Piquete

Dóli de Castro Ferreira (Mestre em História/USP)  

15:00 a 16:00 – Comunicações IV

São Paulo colonial sob o olhar história-genealógico

Sedução, Rapto e Poder no Vale do Paraíba Colonial

Joaquim Roberto Fagundes (Museu Frei Galvão/ Rodrigues Alves – Guaratinguetá-SP)

Contribuições das fontes genealógicas para a compreensão da estrutura política de São Paulo colonial

Fernando V. Aguiar Ribeiro (Mestrando/USP)

Cristãos novos em São Paulo – Discussão sobre a origem judaica de alguns de seus primeiros povoadores a partir de documentos inéditos em arquivos brasileiros e  portugueses

Marcelo Meira Amaral Bogaciovas (Mestre em História/USP)

  16:00 a 16:10 – Intervalo

  16:10 a 16:55 – Conferência de Encerramento

Importância da Genealogia nas novas narrativas históricas

Mary Del Priore (UNIVERSO/Niteroi)

  16:55 – Encerramento

← Página Anterior
2021 - ASBRAP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS